segunda-feira, 15 de abril de 2013

Conheçam a nossa coworker OLINDA COSTA!!





Olinda, esgrima contra o fantasma da segunda feira, com a arte de quem sabe escolher o que faz com o seu tempo, sem medos e atropelos, por que cada dia é um dia, um dia novo. Olinda tem um repertório de experiências sem fronteiras, sempre com um olhar em estreia para o que é desconhecido.


Atualmente colabora aqui (Portugal, mais especificamente em Torres Vedras, mais precisamente na Cooperativa Cowork) com a WIX , no departamento do marketing, responsável pela divulgação e comunicação nesta empresa. pt.wix.com


Olhando para trás…. 


Bebeu aos 19 de Ciências Políticas e Relações Internacionais na Universidade Nova. Escolheu este caminho porque desde cedo quis abrir as portas e janelas para a descoberta do mundo, onde as fronteiras foram sempre demasiado limitativas.


Nos primeiros passos de iniciante, fez um estágio profissional no Instituto de Defesa Nacional, onde contactou com “a nossa querida função pública” e num flash de tempo viu-se assoberbada de uma carga de trabalhos, pela má gestão de recursos humanos, pela subserviência e acomodação. Sacudiu as lamentações e foi. 





Tudo começou com uma pesquisa avançada no dr. google, onde digitou estágios profissionais em Nova Iorque e pimba, logo nos primeiros links, clicou e acabou por ser imediatamente teletransportada para um estágio numa missão diplomática de Portugal junto das Nações Unidas, em Nova Iorque. 


O maior significado para Olinda vem mesmo daqueles edifícios e do movimento das pessoas, a real sinergia que acontece…. em Nova Iorque somos injetados com uma vontade de fazer acontecer. 


Nesta fase houve uma importante catapulta na autoafirmação e identidade profissional, onde houve contacto com inúmeros diplomatas, gente e mais gente. Olinda foi conquistando o “calo” nesta capacidade de comunicadora e facilitadora. Finalizou o estágio e Olinda sacudiu as preocupações e foi



De volta a Portugal e acaba por tirar uma Pós graduação em Teoria Prática Diplomática. Até para diplomata se candidatou… 



E como do imprevisto das ligações, é que surgem boas oportunidades, com voltas e meias voltas Olinda viaja para Israel, para a linda cidade de Telaviv. Trabalhou durante uns curtos meses AICEP Portugal Global, E.P.E., Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, uma entidade pública de natureza empresarial vocacionada para o desenvolvimento de um ambiente de negócios competitivo que contribua para a globalização da economia portuguesa. 


Volta para Nova Iorque num convite a maior estabilidade. Sacudiu inquietações e foi. Durante 9 meses…..ficou. 



Em 2008, volta para Israel por razões de dentro, e enquanto não se legalizava, aprendeu hebraico, fez amigos, e porque parar é incomodativo, envolveu-se num estágio voluntário numa ONG Americana que promovia projetos de contacto e encontro entre Palestinianos e Israelitas. Um terreno de acção frágil, onde o conflito político e religioso estava sempre latente. Olinda sacudiu o medo e continuou. 




Num dos projectos envolveu-se na formação de professores Palestinianos e Israelitas, onde eram desenvolvidas ações pacificadoras do ambiente escolar, pautado por violência e hostilidade. 


Outro projeto marcante foi o “Seeds of Peace”, num contexto de team building. Juntaram-se Palestinianos, Egípcios, Israrelitas e a Olinda. Caminharam de Israel até à  Jordânia. Palmilharam o deserto  Wadi RUn e conviveram num acampamento de beduínos (uma tribo nómada), amenizaram-se diferenças, legados culturais e religiosos. Olinda sacudiu estereótipos e ajudou numa causa





Agora...


Desde Dezembro de 2011, que Olinda colabora no departamento de marketing com a WIX, uma plataforma online para construção de websites. pt.wix.com 


Desde o final do ano passado que Olinda voltou a Portugal, continuando a colaborar com a WIX, na sua divulgação, publicidade e crescimento. Com o mar a ocidente em Telaviv (ao que parece bem visível da janela do seu escritório), encontra agora a praia de Santa cruz tão pertinho da Cooperativa cowork. Olinda sacode nostalgias e aqui está:)



Olhando para a frente...


Olinda também sacode futurismos desenfreados e vai ao seu ritmo. 

Sair de Portugal outra vez? Provavelmente…
Voltar a trabalhar numa ONG? Porque Não..
Não há bola de cristal, nem muita ambição. Há sim dedicação, trabalho, curiosidade e querer estar bem.

Olinda, temos orgulho em te ter cá na cooperativa cowork!