sexta-feira, 26 de julho de 2013

O nosso Coworker Bruno que corre o Mundo de lés a lés!!


Natural de terras Torreenses, completamente enraizado nesta pequena cidade, veio a descobrir-se um grande AVENTUREIRO.

Um rapaz simples mas de grandes paixões que saltitam entre o futebol, a música, a escrita e… os  sapos (a explicação de tal fetiche é mesmo para quem privar com ele :) ).




Aluno notável e de notas brilhantes, sempre com uma aptidão particular pelo universo Matemático. 

Com uma grande criança latente dentro de si, com as incertezas típicas da idade de jovem pré-Universitário, o Bruno queria experimentar o ambiente académico das cidades de Évora e Coimbra. 

Optou ficar por perto… ingressando na Universidade Técnica de Lisboa, no curso de Matemática Aplicada e Computação. A inquietação de se atirar para longe ficou num pequeno standby J

A 1ª vez fora da cidade Natal, este foi o primeiro grito EPIRANGA do Bruno, sendo uma experiência que o Bruno reconhece, como o início da sua independência .  A universidade foi como a primeira peça de dominó a cair… no seu itinerário de viagens e descobertas além-fronteiras!




Na universidade surgiu a hipótese de fazer Erasmus. Destino: Aalborg, Dinamarca onde passou 6 meses da sua vida. A experiência, como seria de adivinhar, foi indescritível! Aproveitando a maré nórdica, Bruno “remou” numa roadtrip e foi aqui que o bichinho da aventura mordeu o nosso coworker, acabando por (re) descobrir uma das suas grandes paixões – viajar.

Estágio concluído, Bruno volta a Portugal e termina a sua licenciatura com uma média surpreendente. Fresquinho e acabadinho de sair da universidade, candidata-se a um estágio no BPI – que mantem uma parceria com o instituto superior técnico a fim de receber estagiários. 

No seu percurso profissional, dá os seus primeiros passos durante 6 meses como estagiário na Direcção de Marketing Estratégico, no BPI, a fazer modelos de propensão. Sendo awesome naquilo que faz, o contracto passou de 6 meses para 5 anos e acabou por sair da empresa sendo o profissional mais maduro e experiente que lá se encontrava.

A sua vontade de viajar e conhecer mundo nunca o largou. Em todas as férias que tirou, o Bruno viajou tanto quanto conseguiu. Fez 3 InterRail, percorreu quase toda a Europa e passou um mês na América do Sul.




Passados os tais 5 anos, Bruno sentiu a necessidade de inovação e progressão profissional. Ligado às pessoas e às importantes aprendizagens que tinha feito, não gostava da sensação de ter um carimbo na testa a dizer que SÓ sabia fazer modelos.

Surgem novas propostas, na área de cobranças de crédito. Bem remunerado, esta experiência profissional não preenchia as suas medidas e não acalmava inquietações. Encheu o peito de ar, e num ato de (consciente) coragem, demitiu-se após 10 meses de cobranças, e foi viajar :)
 
Palmilhou Marrocos e Moçambique durante algumas semanas, mas acabou por “estacionar” 3 meses nos Estados Unidos. Esta foi, sem dúvida alguma, o maior e melhor misto de vivências que lhe podia ter acontecido. Momento de pura auto-descoberta e crescimento pessoal. Este momento acabou por ser tão inspirador que o Bruno passou das matemáticas para as letras e decidiu passar as suas mil e uma aventuras para as páginas de um livro. (ainda em processo de construção mas estão todos convidados para apresentação algures no tempo e espaço da sua obra! :) )





Acabada a sua “viagem espiritual” voltou para Portugal onde lhe esperavam boas notícias: tinha sido aprovado para um estágio INOV. Sendo o local do estágio atribuído de modo completamente aleatório, pós o “rufo de Tambores” , surge o destino Miami.

Rodeado de mar e de sol, o Bruno trabalhou para o IDC – empresa de estudos de mercado mundial na área de tecnologia de informação. A empresa, a sua cultura, as pessoas que lá trabalhavam, foram ingredientes fundamentais para a felicidade e bem-estar do Bruno. O fermento para este bolo, foi o projeto interessante que lhe atribuíram, que cresceu e cresceu e  6 meses não chegaram para o concluir. No entanto, Bruno regressou para casa com a promessa de um contracto para concluir aquilo que iniciou.

Hoje, continua a trabalhar no IDC mas em Portugal, na cidade Natal, sendo orgulhosamente um Coworker da nossa Cooperativa Cowork!!  As saudades que tem do tempo atmosférico de Miami fazem comichões, mas o Bruno compensa tudo com os benditos pastéis de feijão de Torres Vedras! Já todos engordámos umas gramas à conta do Bruno J !

No futuro, o Bruno vai palmilhando caminho, com a abertura a novas experiência e reconhecido profissionalismo.

No presente vive com a filosofia de ser feliz e fazer os outros felizes, estar bem consigo próprio e com o mundo.

Quanto às viagens, já percorreu 40 países…e a sua alma ambulante quer chegar ao Sudeste Asiático. 
 


 
E a ti te dedicamos:

Viajar! Perder países!
Ser outro constantemente,
Por a alma não ter raízes
De viver de ver somente! 
(Fernando Pessoa)