segunda-feira, 3 de novembro de 2014

CONTA-ME COMO FOI, com Bruno Barbosa

"Na passada sexta-feira, dia 31 de Outubro, a Cooperativa Cowork ofereceu à comunidade um evento rico em partilhas sobre empreendedorismo.

O espaço era descontraído e confortável, com a oferta de uma pequena degustação de vinhos da AdegaMãe e alguns aperitivos.


O convidado foi o Bruno Barbosa, que apesar do ligeiro nervosismo inicial, partilhou eficazmente e com humor algumas das suas experiências pessoais e profissionais que podem ser muito úteis a quem sonha e queira dar asas às suas ideias.

Aqui ficam apenas algumas das partilhas:

- Sonhar alto, sempre em grande, o mais possível e bem lá para a frente. Não há limites nos sonhos!


- Dar passos curtos e conscientes... um elefante come-se às postas!

- Não há falhanço... ou se ganha ou se aprende. Há sempre algo de positivo em cada experiência. Nada acontece por acaso!




- Respeitar os outros é fundamental. A tua forma de ver não faz com que a forma de ver dos outros esteja errada.

- Sê humilde... nas atitudes, na aprendizagem... há sempre alguém que sabe mais e faz melhor.

- Se não sabes como se faz ou não estás a ter os resultados que queres, procura quem saiba, copia e adapta à tua realidade - a isto chamo de modelagem.

- Auto-confiança... mantendo a humildade, há espaço para acreditar-mos mais em nós próprios, nas nossas capacidades e competências.




- Paixão... Muita paixão! O dinheiro não é o centro de cada empreendimento. Há algo muito mais importante que te faz acordar todos os dias com ânimo e vontade de agarrar mais este dia. Estar-se apaixonado pelo que se faz é o que mantém a chama acesa e sustenta todo o esforço. Há cansaço físico (no corpo e na mente), sem dúvida, mas o espírito mantém-se sempre vivo e enérgico. O resultado financeiro acaba por acontecer naturalmente.

- Cada empreendimento tem de ser autónomo por si só. Nada de misturas. Se misturas as coisas, podes estar a iniciar um profundo desequilíbrio. Faz as tuas contas.

- Espaço e tempo para ti... para observares de fora o que está a acontecer e poderes, a partir dessa posição "desligada", aplicar melhorias nos processos (em ti e nos outros).
- Fazer! Fazer e dar o exemplo!

- Tempo para a família e os amigos, e manter as ligações vivas.



Foi um momento de descontracção com boa disposição e alguma diversão, que merecia, sem qualquer dúvida, uma audiência muito maior!

Obrigado à Cooperativa Cowork pelo excelente evento e ao Bruno pelas suas partilhas!"


Sérgio Rito

(Obrigado Sérgio pela partilha :) )